Este artigo possui links para serviços ou produtos oferecidos por um de nossos parceiros ou anunciantes. Podemos receber comissões sempre que você clicar em um link ou realizar compras utilizando o nosso site. Saiba mais sobre como ganhamos dinheiro.

Previsões de preço para o Bitcoin (BTC) em 2022

Um painel de 33 especialistas da indústria comentou suas previsões sobre o preço do Bitcoin na próxima década.

O Finder atualmente coleta previsões de especialistas sobre o preço futuro do BTC usando 2 pesquisas. Nossa pesquisa semanal pergunta a um painel rotativo de 5 especialistas em fintech se eles se sentem otimistas, pessimistas ou neutros em relação ao desempenho do BTC nas próximas 2 semanas. Numa pesquisa trimestral mais abrangente, realizada pela última vez em abril, pedimos a opinião de um painel de 35 especialistas do setor sobre o desempenho do Bitcoin na próxima década.

Nesta página, revelamos por que eles acreditam que o Bitcoin valerá US $65.185 até o final de 2022, antes de subir para US $179.280 até 2025, e por que manter a moeda até 2030 será um bom negócio. Todos os preços mencionados neste relatório são expressos em dólares americanos.

Aviso: As informações contidas neste artigo não devem ser interpretadas como endosso ou recomendação para o uso de qualquer serviço ou produto mencionado.

Previsão de preço para o Bitcoin na próximas 2 semanas

Toda semana, pedimos o veredito do nosso painel de especialistas sobre o preço do Bitcoin nos próximos 15 dias. Quando entrevistados esta semana, 5 membros do painel de declararam otimistas (1 a mais do que na semana passada), 0 neutros (o mesmo que semana passada) e 0 pessimistas (1 a menos do que na semana passada) sobre o preço do BTC para a semana do dia 17 de abril de 2022.

Previsão de preço para o Bitcoin em 2022, 2025 e 2030

O preço do Bitcoin (BTC) deve saltar para US $65.185 até o final de 2022, de acordo com o painel de especialistas em fintech do Finder.*

Nosso painel se mostrou um pouco mais pessimista quanto ao desempenho da moeda no curto prazo. Atualmente (abril 2022) o painel prevê em média que a moeda chegue a US$ 65.185 até o final de 2022, uma estimativa 15% menor do que a previsão anterior de US$ 76.360 feita em fevereiro. Até 2025, o painel prevê que o BTC chegará a US$ 179.280. A previsão é cerca de 7% menor do que os US $192.800 projetados em janeiro.

No entanto, o painel foi um pouco mais otimista quanto ao desempenho do BTC até 31 de dezembro de 2030 no relatório de abril. A estimativa média é de que a moeda chegue a US $420.240 até esta data, uma previsão mais otimista do que os US$ 406.400 projetados no início deste ano.

O painel tem se mostrado cada vez mais pessimista em relação ao preço do Bitcoin até 2025, fazendo previsões cada vez mais conservadoras nos últimos 4 relatórios. E embora as previsões para 2030 sejam mais otimistas do que no relatório anterior, os números ainda são bem menores do que o estimado em 2021.

Kate Baucherel, consultora de tecnologia emergente e especialista em Blockchain na Galia Digital, fez uma das previsões mais pessimistas para o preço do BTC até o final do ano. Para ela, a moeda fechará o ano cotada a cerca de US $40.000, um valor bem próximo da cotação atual no momento da redação deste artigo. Por quê? Para Baucherel, o BTC será prejudicado por sua dependência em combustíveis fósseis.

A estimativa feita por Dimitrios Salampasis, professor de FinTech da Swinburne University of Technology, também ficou abaixo da média. Para ele, a moeda chegará a apenas US $50.000 até o final de 2022. Salampasis, assim como Baucherel, também falou sobre o uso de combustíveis fósseis pelo BTC:

“Sou da opinião de que o bitcoin servirá como uma reserva de valor. É importante lembrar da escassez algorítmica e da redução contínua das recompensas de bloco. Além disso, discussões sobre o impacto ambiental da mineração podem fazer com que atividades de mineração de criptomoedas sejam proibidas, o que pode contribuir ainda mais para a escassez do Bitcoin e para o aumento dos seus preços como reserva de valor. Por último, mas não menos importante, o bitcoin pode ser usado como um hedge contra as flutuações de moedas fiduciárias.”

No outro extremo do espectro está Ben Ritchie, CEO da Digital Capital Management Pty Ltd, com um valor projetado de US$ 100.000 até o final de 2022. Ritchie citou o suprimento ilimitado como um dos principais impulsionadores dessa mudança:

“Cada vez mais, a ‘confiança’ está se tornando uma consideração central para os investidores: podemos confiar no sistema econômico e nas forças que o impulsionam? A confiança foi perdida e, com a economia em território desconhecido, o Bitcoin está oferecendo uma solução alternativa viável. A confiança no código e na matemática, sem intervenção, tem um apelo global significativo. Como há um suprimento ilimitado de moedas fiduciárias, a melhor maneira de pessoas e instituições conservarem seu poder de compra é investir em ativos escassos como o bitcoin.”

Joseph Raczynski, tecnólogo e futurista da Thomson Reuters, também forneceu uma previsão acima da média para o final de 2022 (US$ 90.000), mas vê ganhos futuros em fluxos e refluxos à medida que as organizações tentam inovar enquanto os governos tentam regular o setor.

É hora de comprar, vender ou hodlar BTC?

Em abril, as previsões do painel não foram tão agressivas quanto em relatórios anteriores. No entanto, isso não significa que os entrevistados desistiram do BTC. Pelo contrário.

Pouco mais de dois terços (67%) do painel acreditam que é a hora de comprar bitcoin e outros 24% afirmam que é hora de hodlar. Apenas 9% acreditam que o momento é mais propício para a venda.

Há 3 membros do painel – a já mencionada Kate Baucherel, a professora associada da UNSW, Elvira Sojli e o professor sênior da Universidade de Canberra, John Hawkins – que acreditam que é hora de deixar o BTC. Para Baucherel, “as emissões de carbono devem ser reduzidas, e a única maneira de isso acontecer é por meio de regulamentação e redução de preços até o ponto em que a extração de combustíveis fósseis não seja lucrativa”.

Hawkins vê a bolha do bitcoin estourando e o Ethereum usurpando o BTC como o rei das criptomoedas:

“Além das criptomoedas privadas serem substituídas por CBDCs (Central Bank Digital Currency, ou moedas digitais emitida por bancos centrais) e de um colapso geral da bolha especulativa, acho que o Bitcoin perderá para o Ethereum, que tem um caso de uso mais forte, especialmente se o Ethereum se tornar PoS e mais ambientalmente responsável”.

Por outro lado, Joe Burnett, analista da Blockware Solutions, vê o BTC como um investimento sólido no futuro: “O Bitcoin é o único ativo no mundo sem risco de contraparte e sem risco de diluição. É a melhor tecnologia de economia do mundo.”

Keegan Francis, editor global especialista em criptomoedas no Finder, também acredita que é hora de comprar:

“Na verdade, estou apenas tirando essas previsões de preços diretamente do modelo Stock-to-Flow. Embora o modelo esteja atualmente desarticulado/separado do preço real, ele foi uma estimativa/previsor confiável no passado. Acredito que o bitcoin irá aderir mais ou menos ao preço previsto por este modelo dentro de uma margem de erro de 25%.”

Você acredita que o BTC deveria mudar para um modelo proof-of-stake?

Recentemente, muito tem sido feito em relação aos impactos ambientais das criptomoedas, especificamente aquelas que utilizam o modelo proof-of-work como o BTC. A mudança para proof-of-stake poderia reduzir significativamente as emissões de carbono do BTC, no entanto nosso painel não vê isso acontecendo. Apenas 9% dos entrevistados afirmaram acreditar que o BTC vai eventualmente fazer esta mudança.

Isso não significa, no entanto, que os membros do painel não apoiam a ideia. Cerca de um terço dos entrevistados (32%) acreditam que o BTC deveria mudar para proof-of-stake.

No futuro, o bitcoin ainda será a melhor moeda digital?

O Bitcoin é o maior nome quando o assunto é criptomoeda há algum tempo, mas será que os seus dias com número um estão contados? Metade (50%) do nosso painel acha que o Bitcoin acabará sendo substituído por um blockchain mais avançado. Outros 38% acreditam que Bitcoin continuará a ocupar o posto de “rei das criptomoedas”.

O professor associado de finanças descentralizadas da Nottingham Trent University, Jeremy Cheah, acredita que o BTC será ultrapassado como a criptomoeda mais popular, em parte devido às preocupações ambientais acima mencionadas:

“Mesmo que o bitcoin seja mais conhecido e compreendido, ele consome muita energia e sofre com problemas de interoperabilidade e escalabilidade.”

O cofundador da Tykhe Block Ventures, Ganesh Kompella, também vê o BTC perdendo a pole position:

“O Ethereum pode superar o BTC em termos de valor de mercado. Solana se torna o principal centro on-chain para criminosos e opções. O Bitcoin não é um blockchain que permite avanços tecnológicos. Se você realmente observar, é apenas uma criptomoeda.”

Enquanto isso, o CEO da Delta Investment Tracker, Nicolas Van Hoorde, não acredita que o BTC será substituído como a criptomoeda mais popular do mundo. Mas nem tudo são rosas. O BTC não será substituído “em termos de reserva de valor”, na opinião de Van Hoorde, “mas em termos de uso em pagamentos, tecnologia, etc., sim”.

O CEO da Morpher, Martin Fröhler, também vê o bitcoin continuando como o nome dominante no mundo das criptomoedas:

“O Bitcoin se destaca como uma reserva de valor. Ele não tenta fazer nada além disso e é resistente a alterações em sua base de código. Seu alto consumo de energia não é um bug, mas um recurso que protege a rede”.

BTC vs ouro como reserva de valor

Como reserva de valor, 61% dos membros do nosso painel acreditam que o BTC provará ser uma mercadoria mais segura. Apenas 27% dos entrevistados afirma o mesmo sobre o ouro.

O que fará com que o bitcoin e outras criptomoedas saiam de sua faixa de negociação recente?

O BTC passou a maior parte de 2022 em uma faixa de negociação apertada, mas 60% do painel acredita que, se os bancos tradicionais começarem a adotar o BTC e outras criptomoedas, isso poderá tirar o setor de sua atual queda.

Nossos especialistas também afirmaram que um clima regulatório global mais favorável (57%) e o uso mais amplo do BTC como moeda legal (49%) também teriam um impacto positivo no mercado.

A Dra. Iwa Salami, co-diretora do UEL Center for FinTech da University of East London, afirmou que, embora um clima regulatório global mais propício possa ajudar a impulsionar as criptomoedas, a regulamentação precisa ser tratada de maneira equilibrada:

“À medida que o uso do Bitcoin e outras criptomoedas se tornarem mais difundido em todo o mundo, ficará mais difícil para os governos regulá-los. Além disso, à medida que cresce o interesse e o uso de criptomoedas, é provável que a regulamentação se torne mais equilibrada. A regulação é boa para o setor, pois o tornaria mais legítimo e acessível (especialmente para as instituições financeiras tradicionais), mas a regulação deve ser equilibrada. Quanto mais os governos avançarem para uma abordagem mais equilibrada da regulamentação, maior será o valor das criptomoedas.”

O CFO da Boston Trading Co., Jeremy Britton, também vê a regulamentação desempenhando um papel importante, pois “novas regulamentações trarão respeitabilidade às criptomoedas e grandes instituições incentivarão sua adoção em massa”.

As criptomoedas representam um desafio para os bancos tradicionais?

Com as criptomoedas em ascensão, nosso painel destacou várias áreas onde elas têm o maior potencial para desafiar os bancos tradicionais. E a boa notícia para os consumidores é que o painel acredita que as criptomoedas proporcionarão melhores retornos do que os bancos tradicionais (69%), sendo uma aposta mais favorável do que acumular juros.

O painel também acredita que as criptomoedas têm mais chances de superar os bancos tradicionais em termos de remessas internacionais (63%) e de democratizar o setor bancário ao fornecer acesso equitativo à população sem contas bancárias (57%).

Sanções russas e criptomoedas

A esmagadora maioria do painel acredita que as criptomoedas serão utilizadas como uma forma de contornar as sanções impostas contra a Rússia. Apenas 17% dos entrevistados acreditam que isso não acontecerá.

Quais serão as moedas com melhor desempenho em 2022?

Pedimos ao nosso painel que classificasse as 5 maiores moedas em termos de desempenho esperado para 2022. Apontado em diferentes posições neste ranking por 87% dos entrevistados, o Ethereum parece ser a moeda mais promissora do ano.

Outras moedas populares no top 5 dos membros do painel são Bitcoin (71%), Solana (55%), Avalanche (31%) e Terra (30%).

Em resumo

Se você está pensando em comprar Bitcoin (BTC), o mais importante é fazer a sua pesquisa e se familiarizar com todos os riscos envolvidos. Embora essa moeda digital tenha proporcionado retornos substanciais aos seus primeiros usuários, seu passado não é garantia de crescimento futuro.

Se as criptomoedas puderem continuar seu avanço no mercado e alcançarem ampla aceitação, não apenas entre os consumidores, mas também pelos governos ao redor do mundo, seu futuro poderá ser bastante promissor. E se os problemas de escalabilidade enfrentados pelo blockchain do Bitcoin puderem ser superados com sucesso, a moeda pode ter um grande potencial para crescimento futuro.

No entanto, não se esqueça de que o universo das criptomoedas está cada vez mais lotado, e o Bitcoin certamente enfrentará muitas ameaças ao seu título de maior criptomoeda do mundo, diante de uma série de concorrentes bem organizados e com apoio profissional. Fique atento a este universo para saber o que vai acontecer.

Conheça o painel

Metodologia

Pesquisa quinzenal

Nosso painel semanal é composto por mais de 15 especialistas internos e externos em criptomoedas. Toda semana, cinco especialistas são questionados em rotação sobre suas expectativas (otimistas, neutras ou pessimistas) sobre o preço do BTC nas duas semanas seguintes. As datas no gráfico indicam o início da semana sobre a qual é solicitada a previsão. O gráfico mostra as expectativas mais recentes e as previsões anteriores, ilustrando as mudanças de opinião.

Previsões para 2022, 2025 e 2030

O Finder entrevistou 35 especialistas em fintech entre 28 de março a 11 de abril de 2022. Os participantes puderam responder quantas perguntas quisessem, o que significa que o número de respostas recebidas varia de acordo com a pergunta. 33 participantes fizeram previsões sobre o preço do BTC. É possível que alguns membros do painel possuam criptomoedas, incluindo Bitcoin. Todos os preços são indicados em USD por BTC.

Mudanças na metodologia: Em 2021, esta pesquisa foi realizada utilizando a média simples de todas as respostas fornecidas ao Finder. A partir de 2022, passamos a usar uma média truncada, removendo os 10% superiores e inferiores das respostas para obter um resultado mais consistente. Os resultados relativos a 2021 citados nesta análise também foram recalculados usando a média truncada.

Perguntas frequentes sobre a análise do Bitcoin

More guides on Finder

Ask an Expert

You are about to post a question on finder.com:

  • Do not enter personal information (eg. surname, phone number, bank details) as your question will be made public
  • finder.com is a financial comparison and information service, not a bank or product provider
  • We cannot provide you with personal advice or recommendations
  • Your answer might already be waiting – check previous questions below to see if yours has already been asked

Finder.com provides guides and information on a range of products and services. Because our content is not financial advice, we suggest talking with a professional before you make any decision.

By submitting your comment or question, you agree to our Privacy Policy and Terms.

Questions and responses on finder.com are not provided, paid for or otherwise endorsed by any bank or brand. These banks and brands are not responsible for ensuring that comments are answered or accurate.
Go to site